sexta-feira, junho 24, 2005

As Escolhas do Jonas - O Ataque dos Clones

E aqui estamos para mais uma crónica semanal sobre os acontecimentos nacionais mais relevantes. Antes de mais quero aqui anunciar que, a pedido de muitas famílias, vou tentar encurtar os posts semanais publicados de modo a não afugentar nem cansar quem, por acaso, se depare com estes textos tão cuidadosamente elaborados. Assim, resolvi começar logo por encurtar este post (umas duas ou três linhas) e esperar pela reacção do público, esperando que esta seja positiva (pelo menos que não comecem a atirar tomates podres à minha pessoa). Igualmente a conselho de um ouvinte destes comentários (sim, já tenho pelo menos uma pessoa a ler o que eu escrevo) comecei a consultar uma psicóloga (bem, ainda não é exactamente uma psicóloga mas já está a acabar o curso; além disso, é o que estava à mão...). Até já sinto umas melhoras (acho eu!).

O principal acontecimento da semana que passou foi, indubitavelmente, o arrastão ocorrido na praia de Carcavelos no dia 10 de Junho, feriado nacional. Este acontecimento foi marcado por uma série de estranhos pormenores, sendo que o primeiro da lista foi o número de pessoas envolvidas nesta mega concentração de assaltantes por esticão. Sabe-se agora que o número inicialmente fornecido de 500 «perturbadores da paz pública e da carteira alheia» estava um bocado exagerado em relação à realidade (um bocado é favor). Este exagero é altamente compreensível devido a uma série de factores relacionados com o facto de este arrastão se ter dado em Portugal. Primeiro, é típico do português ir carregado para a praia com o seu farnel e o usual garrafão de 5 litros (conforme também se vê nos comboios) pelo que começa a ver o restante pessoal a dobrar ou até a triplicar. Igualmente importante nesta explicação é o facto de que quando começa a haver problemas, o português finge que não é nada consigo mas quando tudo acaba dá a sua opinião de cidadão revoltado procurando exagerar os números para explicar o facto de não ter feito nada.
Mesmo assim, e ao contrário da maioria dos portugueses, eu sou da opinião que não nos devemos limitar a comentar o acontecimento procurando encontrar alguém a quem pôr as culpas mas devemos sim procurar ver o lado positivo das coisas e encontrar novas maneiras de melhorar o país. Assim sendo, e com base neste espírito inovador, lanço aqui um conselho ao sr. ministro das finanças: e que tal formar uma equipa de uma centena e tal de fiscais de impostos para fazer um «arrastão» pela população. Assim, bastava colocá-los numa praia e eles varriam a praia inspeccionando as declarações fiscais de cada um. Além disso, com esta equipa formada a fazer arrastões de Norte a Sul do país já não haveria mais nada para «arrastar» por parte desses assaltantes de Carcavelos.

Para terminar este comentário gostaria apenas de felicitar publicamente o pódio conquistado pelo piloto português Tiago Monteiro. É verdade que foi necessário que quase todos os outros corredores tenham desistido da corrida mas mesmo assim foi um brilhante terceiro lugar (não sei porquê mas esta história faz-me lembrar a conquista da SuperLiga pelo Benfica e que está bem retratada na frase
O Benfica só foi campeão porque o Porto e o Sporting não quiseram. O Benfica também não queria, mas descuidou-se.
publicada no "Inevitável").

Altura de me despedir.
Continência e tal,
Jonas

4 comentários:

André C. Pinto disse...

"Sabe, no fundo o que aconteceu com Tiago Monteiro em Indianápolis é uma metáfora de Portugal: se todos os que estiverem à nossa frente desistirem podemos ser um país competitivo." - Luís Afonso, caricaturista, in revista Sábado.

Eu não quero com isto retirar o mérito ao Tiago, mas que isto tem ironia lá isso tem:-)

Rafael disse...

Bem, já está mais curto. Estás a fazer progressos (deve ser da tal psicóloga), mais um bocado e já consigo ler tudo de uma vez :)
Mas tenho de dar o braço a torcer, desta vez estavas inspirado, quase tudo o que escreveste fazia (algum) sentido. A continuar assim ainda vais parar à RCF (Rádio Clube de Fafe, para quem nem não sabe) a fazer comentários semanais, qual Marcelo Rebelo de Sousa radiofónico.
Espero que não leves a mal estes meus comentários, é tudo na desportiva!

Do svidanya

@s_prim@s disse...

Escrevem Escrevem ... Escrevem Escrevem ... mas eu não os vejo a dizer nada ... pois claro que fico chateada ...

LOLOLOL

Anónimo disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,